2016 02 << 12345678910111213141516171819202122232425262728293031>> 2016 04







JAPÃO - Parte 2: Shibuya e Harajuku (♥ω♥ ) ~♪

Oi lindos, tudo bom com vocês??? ◕ ‿ ◕。 Anne aqui hoje para a segunda parte das nossas aventuras pelo glorioso Japão~~~ (•‾⌣‾•)و ̑̑♡ (Naki em coloridinho fazendo considerações <3 QUE SAUDADE MALDITA DESSE LUGAR)

Hoje vou contar um pouco como foi visitar os bairros de Shibuya e Harajuku! O Post principal é meu, mas Naki vai acrescentar alguns detalhes~ Até por que ela foi um dia um dia a mais para Harajuku que eu (e eu fui um dia a mais para Shibuya~).
No fim do post vai ter algumas DICAS BEM ÚTEIS~ então leiam até o final (◕‿◕✿)

Esses dois bairros da capital Japonesa são conhecidos como polos de moda. Com Shibuya a gente pensa mais em gyaru e com Harajuku a gente pensa mais em lolita e moda alternativa. Então como foram os rolês por esses dois bairros?~


Saindo pela saída 8 (Hachi) do metrô de Shibuya~ (。・ω・。)ノ♡

No nosso primeiro dia de passeios no Japão, formos direto para Shibuya. Havíamos dormido bem a noite e o jet lag APARENTEMENTE não nos pegou. Único ruim é que, nesse dia ainda estávamos sem nossa WIFI móvel, o que dificultou um pouco nossos esquemas. Contudo, na estação de Shibuya tem um quiosque que, você apresentando seu passaporte, ganha acesso a uma senha e login para usar WIFI em vários spots pelo bairro! Recomendo a todos, WIFI nunca é demais!

A estação de Shibuya, como muitas dos bairros maiores, tem várias saídas. Nisso já nos ligamos e saímos pela saída 8 (hachi) que é a saída que dá de cara com a estátua do Hachiko! Achei muito fofo como os turistas se reúnem ao redor do Hachiko pra tirar fotos. É um ponto super conhecido, e sempre tem gente querendo fotografar ali. E é tudo organizado, vai um grupo, tira foto, depois o outro, tudo com agilidade. Não ficam se enrolando mil anos na frente da estátua impedindo as outras pessoas de aproveitar. Encontramos canadenses e argentinos fofinhos nesse dia que revezaram fotos grupais com a gente.


Turistas felizes com o Hachiko~ (〃・ω・〃)


Nakis e Hachikos~



Annes em dois dias diferentes com o Hachiko (´,,•ω•,,)♡

Logo que você sai da estação já da de cara com o MAIOR CRUZAMENTO do mundo~ e com todas as lojas famosas que fazem você babar~


Meu coração palpitou ao ficar de cara com o Shibuya 109 (*˘︶˘*).。.:*♡

É fácil acabar ficando que nem barata tonta num bairro grande como esse. Então WIFI é importante, como também, antes da viagem você marcar alguns spots que quer ver e já salvar prints dos mapas offline. Caso alguma coisa de errado, ao menos você consegue se guiar! Nós tínhamos, inclusive, alguns mapas impressos (graças a Naki <3) dos lugares que mais queríamos ver. Seguro morreu de velho, ne!

Nossa primeira parada foi a Disney Story! Existem muitas lojas da Disney pelo Japão todo! E cada uma delas tem produtinhos que não tem (aparentemente) nas outras. São muitas coisas lindas e exclusivas, dá vontade de comprar tudo!


Disney Store - Shibuya

Se todas que fomos, a de Shibuya era a maior e mais bem decorada. Lá compramos nossos ingressos para ir a Disney Tokyo~ E aproveitamos as promoçõezinhas que estavam rolando! A Disney Store de Shibuya é uma das únicas que tem pontos de venda de ingressos pro parque inclusive, por isso nosso primeiro passeio foi pra lá, para já garantir as datas que iríamos ao parque.


A decoração era linda demais <3


Colaboração com a Angelic Pretty~

Colaboração com a Baby~

Lá, além dos produtos gracinhas da Disney (tudo que você pudesse imaginar, de coisa para cozinha até roupas), havia muitas colaborações com Brand! E preços até bem interessantes. Especialmente as coisas que estavam com desconto! *___*~

Saindo da Disney, fomos tentar resolver nossos problemas com WIFI móvel (queríamos tentar alugar uma, mas não deu certo) e olhar lojinhas~ Já havíamos pesquisado sobre algumas redes na internet, antes da viagem. Poupa muito tempo se você já em ideia do que quer ver em cada lugar!


Motoqueiros andando em bando para comemorar o Natal~ achei fofo!

Em Shibuya tem Bic Camera (mais de uma até) e Don Quijote. Duas lojas de "departamento" que vendem meio de tudo, mas tem mais foco em eletrônicos. São duas lojas vem interessantes, e você pode achar produtinhos legais! Entretanto, preferi as Bic Camera de Shinjuku! Achei as de Shibuya pequenas e bagunçadas. Já a "Donki~" é desorganizada por natureza. Gostei mais da que fomos em Osaka! Contudo, dizem que a de Akihabara é boa também! Só que acabamos não indo na de lá!

Outra recomendaçãozinha que dou é, além de já anotar alguns spots para ver antes de viajar, é anotar o preço de coisas que você deseja comprar. Especialmente se for eletrônicos! Pois existem variações de preços e promoções! E, graças a nossa amiga internet, você consegue pesquisar os preços em lojas online!

Por exemplo, queríamos muito comprar câmeras Instax! Aquelas polaroids fofas! E já tínhamos uma noção dos preços! E olhando na Bic Camera e na Donki, pesquisando um pouco antes de decidir, acabamos por comprar numa lojinha menor só de câmeras que estava em promoção! Economizar é bom, então <3 Pesquisem!

Depois de comprar nossas câmeras, no primeiro passeio por Shibuya~ Fomos ao 109! Lá realmente é uma perdição! É de morrer, tem muita, muita loja mesmo. Atendentes lindas demais e muita gente chique!

Vi menos coisa com vibe Gyaru do que esperava. E os preços, não dá para negar, são salgados. Ainda assim é mais barato que lolita, num geral. E estava em época de promoções, deu para arrematar algumas coisas!

Outra surpresa é que eu não estava esperando servir muito nas roupas japonesas. Tenho bastante busto 8D então nem estava me iludindo muito. Só que no fim, as coisas SERVEM. Podem ficar meio curtinhas (pois são feitas para serem curtas mesmo) nas meninas mais altas, mas de largura serve bem mesmo para meninas com mais peito e quadril! Pelo jeito eles já estão antenados para as ocidentais que vão fazer compras por lá! Então tem muita coisa de tamanho único que realmente abarca tamanhos maiores! Minha paixão da 109 foi a loja fofinha onde comprei um uniforme de cheerleader e já joguei bueiro abaixo a fantasia de fazer compras conscientes no Japão. Eu também estava hesitante achando que não ia servir em mim, mas a atendente fofinha insistiu que eu provasse e ficou falando que eu estava linda mil vezes! Tudo bem que ela queria vender, mas ela foi muito querida :(( fui obrigada a levar a roupa e deixar meu coração lá com ela.

Agora vou falar de outras duas lojas MARAVILHINDAS~

Começando com a Matsumoto Kyoshi~ O famigerado lugar onde Anne perdeu dinheiro mas ganhou uma sacola imensa de cosméticos


O paraíso na terra!

Para quem gosta de cosméticos e maquiagem é imperdível! Tem mais de uma em Shibuya e você encontra essa rede em outros bairros e cidades também! Eu parei em todas as que vi, confesso. E mesmo nas de Shibuya fui mais de uma vez. As de lá são especiais pois são as maiores, então você encontra ainda mais coisas!

Além de ter muita variedade e preços bons, a rede também conta com muitas promoções! Então você encontra produtos com desconto, kits promocionais, kits de miniaturas! Muita coisa perfeita, não tem como não sair desfalcado de lá!
Também, para deixar tudo mais feliz, tem muitos testers a disposição! Então você pode sentir cores, texturas e até passar algumas coisas no rosto mesmo! Parada super obrigatória!

E, se sua pegada é mais ARTÍSTICA~ Recomendo a Tokyu Hands! SE TEM UMA RECOMENDAÇÃO QUE EU NÃO DOU... mentira, apenas se controlem. De 100 em 100 ienes (que é o que custa uma cartela de figurinha - aprox 3,80 em reais o seu dinheiro VOA nesse lugar maldito.


Ocupa a quadra INTEIRA essa!

A Tokyu Hands é outra loja que você encontra em outros bairros e cidades! Também visitamos e amamos as outras, mas essa em Shibuya é amor (inclusive creio que tem mais de uma por lá!). Nem todas as lojas da rede tem todas as coisas. Essa de Shibuya é uma das mais completas que fomos. Se não me engano são 8 andares!

É também uma loja de departamentos, mas muito organizada e com muito foco em coisas para artesanato e papelaria! Lá tem desde material para fazer as coisas, artesanato para comprar e oficinas de artesanato! Embora também tenha pets e coisa para pets, roupas, coisas para montanhismo e viagem, maquiagem e etc!

Acho que o grande foco fica sendo a parte de papelaria e desenho. É bem difícil não sair de lá levando o mundo. Seja pelos adesivos, os carimbos, as canetas incríveis Todo mundo que gosta de desenhar e de papelaria tem que dar uma passadinha por lá! Boa sorte para manter o auto controle (nós não tivemos nenhum).

E Shibuya foi mais ou menos isso! Lá tem muita loja legal, lugares de show (que falaremos em outro post), comidinhas <3 É um bairro imperdível não importa qual seja seu foco!


Terminando uma noite em Shibuya comendo Okonomiyaki <3

***

Então chegamos em Harajuku (ノ´ヮ´)ノ*:・゚✧

Entrada da Takeshita Dori.

Confesso, de um jeito meio triste, que para uma amane de moda alternativa Harajuku foi meio decepcionante. (︶︹︺)

Não que seja ruim, mas eu estava esperando um pouquinho mais. No fim, não foi um bairro que me conquistou. (๑◕︵◕๑) Já eu gostei bastante de Harajuku, embora lá você precise ir com bastante disposição pra enfrentar uma multidão pra comprar e olhar as coisas, e realmente nada é tão barato quanto prometem. Eu aproveitei muito mais da segunda vez que fui, quando já sabia mais ou menos quais lojas eu queria visitar e usei uma roupa mais fácil de por e tirar pra poder provar as coisas. Uma das lojas favoritas foi a W♥C, uma loja de rua logo na segunda quadra da Takeshita. Tem moletons e camisetas com estampas que me agradaram bastante, acessórios e umas coleções com coisas de bichinho e essa pegada esportiva/gótica/fofinha que anda na moda e eu nem sei o nome do estilo rs. No segundo andar é um brechó com coisas vintage, e a decoração lá é muito legal, tem banheiras e brinquedos bem loucos dos anos 80.

Fomos pelo metro, como sempre, tinha mais de uma saída. Não pegamos a que era exatamente mais perto da Takeshita Dori e ficamos meio perdidos até achar a rua, mesmo com GPS. Chegando lá, MUITAS MUITAS PESSOAS.

Na rua principal tem muitas lojas! Tem uma Daiso enorme, cheia de coisa linda, tem a Paris Kids que tem acessórios ótimos e várias lojinhas de moda alternativa.

Lá se tem que bater perna, entrar em todas as lojinhas e ter bastante paciência. Se você não gosta de multidões, e aglomerações de gente, pode ser um problema :/


Não importa o dia e a hora, sempre muitas pessoas~


Chegando no final da rua <3

Por lá você vai encontrar algumas coisas maneiras, mas no geral muita coisa overpriced e de qualidade duvidosa. Essa fama do bairro faz com que tenha muitos turistas, e com isso tem gente metendo a faca mesmo! Isso fica ainda mais evidente na Closet Child. Foi uma das lojas mais fracas e com preços mais salgados da franquia que visitamos. A de Shinjuku e de Osaka foram bem mais proveitosas... Mas mesmo assim eu achei bem legal poder ver tudo ao vivo. Inclusive a BODYLAIN, aonde estava tocando um mix com músicas da Disney em uma pegada meio ddr. Bem louco.

Como estávamos lá no fim do ano, e também fomos no dia primeiro (dia tradicional de promoções) de janeiro, conseguimos alguns descontos e Luck Bags. De todas as lojas que fui, a que eu mais gostei (e gastei ∩(︶▽︶)∩) por lá foi a Tralala~ (fiquem de olho no fim do post vai ter dicas pra ganhar coisas por lá~). Tralala é a versão menos glamurosa e rykah da Liz lisa. Mesmo assim as roupas são muito lindas e a qualidade não deixa a desejar. Me arrependi de não ter comprado mais coisas lá!

Ah, as fotos a seguir são clandestinas. Não pode fotografar dentro da Laforet, mas eu sou rebelde e tirei algumas mesmo assim, disfarçadamente com o celular. É feio, mas eu queria muito uma recordação :~ e estava bem vazio nesse dia, então minhas fotos não atrapalharam os clientes rs. Nesse shopping é onde ficam as lojas de marca lolita. A que fomos melhor atendidas (até demais, a guria não parava de falar irasshaimase, eu já tava suando) e com melhores preços foi a Putumayo. E as coisas deles são mais bonitas ao vivo do que as fotos do site fazem parecer.



Essa é a Swimmer da Laforet, uma das lojas mais baratas que encontramos por lá. Tem muitos acessórios fofos, botinhas, sapatilhas, bolsas e artigos de decoração pra casa.


Nile Perch na Laforet, com vários acessórios fairy. vestidinhos, casaquinhos... Eu achei fofo, mas um pouco overpriced pela qualidade das coisas.


FAMIGERADA ANGELIC PRETTY onde tudo dói e é caro. Fui com a ilusão que compraria horrores e não levei absolutamente nada da dita cuja.




Gatinhos fofos que todo mundo achava que era pipoca nas fotos uiahiua







Esses crepes são a coisa mais deliciosa <3

Terminando o post quero deixar algumas DICAS para os amigos que estão planejando ir ao Japão:

1) Taxas: No Japão geralmente os impostos não vem embutidos nos preços. As taxas variam de 8 a 10% e muitas vezes só são somadas na hora da compra, o que pode dar um grande susto. Alguns lugares colocam o preço com e sem as taxas, mas muitos colocam só o preço sem, então é bom ficar de olho. (。♥‿♥。)

2) Tax free: Muitos estabelecimentos oferecem "tax free" (ou seja, isenção de imposto) ou descontos nos impostos para estrangeiros que estejam apenas com visto de turismo.
A Tokyu Hands e a Matsumoto Kyoshi são duas dessas lojas, mas Bic Camera e lojas de eletrônicos em geral também oferecem essa modalidade.
Para ganhar a isenção ou desconto basta mostrar passaporte e o visto na hora da compra. As lojas que tem esse tipo de desconto geralmente tem várias plaquinhas de "Tax free" e de descontos espalhados pelas lojas.
Algumas lojas oferecem Tax Free em qualquer compra. Outras só em compras a partir de um certo valor. A maioria que trabalha nesse sistema, precisa de compras que ultrapassem 10 mil ienes (cerca de 400 reais) sem contar as taxas!
Só tem UM porem. Em caso de cosméticos você não pode usar eles no Japão. E alguns outros itens também eles colocam numa sacola especial para serem usados só fora do país. (em caso de eletrônicos geralmente isso não acontece, especialmente câmeras, é liberado o uso durante a viagem).
Então o que eu recomendo é, no caso dos cosméticos e coisas assim é comprar com imposto o que você deseja usar no Japão e sem o que você está fazendo estoque!
Ainda assim isso varia de loja para loja. Na Tokyu Hands comprei cosmético com tax free e não tive problemas? De todo jeito geralmente tem avisos perto dos caixas! (。・ω・。)

3) Brindes especiais: Fiquem de olho nas lojas e especialmente perto dos caixas para promoções e descontos especiais para estrangeiros. Por exemplo, na Tralala, a partir de um certo valor, se mostrando o passaporte, podia escolher um brinde! E escolhemos uma bela bolsa da Liz Lisa! É bem comum esse tipo de coisa, então fiquem de olho para aproveitar. ɾ⚈▿⚈ɹ

Então é isso. A dica geral é, sempre ande com seu passaporte e fique de olho para conseguir descontos!

Espero que tenham gostado do post! Qualquer dúvida ou pergunta, podem deixar aqui que responderemos! Deixem comentários e nos façam felizes~ até a próxima! ˚✧₊⁎( ˘ω˘ )⁎⁺˳✧༚
Byee~~ (〃・ω・〃)ノ
[ 2016/03/20 ] Japão | TB(0) | CM(1)